Top
tendencias pós-pandemia

5 tendências de mercado para o mundo pós-pandemia

Está preocupada com o que vai rolar com a sua empresa pós-pandemia? Você não está nessa sozinha! Vem comigo que eu separei as principais tendências de mercado para quando acabar esse negócio de corongavírus.

Miga, antes de mais nada, é importante desencanar do “voltar ao normal”, tá? Essa pandemia veio e apertou o botão de resetar. As regras mudaram! O mercado não será mais o mesmo. Os consumidores já não são mais os mesmos. E, por consequência, o seu negócio também não será. Dessa forma, a palavra de ordem daqui em diante é adaptação e é por isso que temos que conversar sobre tendências.

Tendências para o mundo pós-pandemia

Tendência é o caminho pelo qual alguma coisa tem naturalmente se direcionado. A identificação de tendências é feita a partir da observação dos indicadores de cada área. Um desses indicadores é a mudança no comportamento das pessoas. O momento que estamos atravessando tem nos mostrado muito sinais dessas mudanças. Vamos lá saber que sinais são esses?

1. Adesão ao digital

tirando selfie

Já pensou o que seria da gente, no meio dessa loucura de pandemia, se não fosse a internet? Eu, no mínimo, tava surtada!

É um fato que o distanciamento social impulsionou ainda mais o meio digital. Nós estamos nos comunicando pela internet, estudando pela internet, pedindo comida pela internet… Enfim, nós estamos totalmente conectados e uma vez conectados, há uma tendência a permanecermos. As empresas já estão respondendo a esse comportamento, investindo mais em marketing digital, lançando aplicativos, etc.

2. Ascensão do trabalho em casa

working pós-pandemia

Outra mudança evidente nesse cenário tem sido a configuração de trabalho. O home office não é algo novo, mas se tornou comum a muitas pessoas neste período. Enquanto uns amam e outros odeiam, a questão é que há uma forte tendência de que essa modalidade de trabalho passe a ser muito mais presente no mercado pós-pandemia.

3. Faça você mesmo (DIY)

medindo

Quem não aprendeu a fazer nada por conta própria nessa quarentena, que atire a primeira pedra. O DIY (Do it yourself) é uma forma tanto de economizar (resolvendo um problema sem precisar contratar um profissional), como também uma forma de se distrair. As buscas por conteúdos que ensinam a como desenvolver um projeto como esse cresceram consideravelmente nesse período de distanciamento e a tendência é que, diante da descoberta dessas habilidades, as pessoas passem a investir cada vez mais no modo “Faça você mesmo”.

4. Automatização de tarefas mecânicas

tendência pós-pandemia

Há tempos temos observado processos sendo automatizados e a inteligência artificial já está presente em quase tudo ao nosso redor, mas neste momento de isolamento a sua relevância se tornou ainda mais evidente. Muitas empresas estão atravessando essa fase com a ajuda da automatização. Como resultado disso, a tendência para o cenário pós-pandemia é que, cada vez mais, as tarefas mecânicas, repetitivas e previsíveis sejam “robotizadas”. Entretanto, isso definitivamente não significa que não haverá espaço mais para os humanos, ok? Longe disso! Para nós sempre sobrarão tarefas significativas, aquelas que têm como requisito a principal habilidade do ser humano que é a de ser HUMANO.

5. Humanização na relação empresa x cliente

abraço pós-pandemia

Por último, mas não menos importante, temos a tendência à humanização.

Humanizar: Ato ou efeito de tornar humano. Esse distanciamento tem nos ensinado muito sobre valorizar as nossas relações humanas. Essa ânsia por conexão tem se estendido também às relações comerciais. Pesquisas apontam que, neste momento, os consumidores estão buscando se conectar às marcas vistas como empáticas.  Isso direciona as empresas para a adoção de uma abordagem mais humana.

Enfim, agora que você já sabe quais são as principais tendências para o mercado para o mundo pós-pandemia, é hora de aplicar, miga. Pesquise uma pouco, faça um planejamento e execute tudinho no seu negócio, porque logo esse coronga vai embora e nós seguimos firmes e fortes, rumo à dominação mundial!

Links complementares:

Uma administradora apaixonada por gestão e educação, que une essas duas coisas com o objetivo de desenvolver pessoas e, consequentemente, organizações, para que estas se tornem mais eficazes, humanas e competitivas.

Post a Comment